Todos as publicações de “Carolina Kassab”

3 results

Sobrecarga de ferro em adolescente com xerocitose: a importância da ressonância nuclear magnética

Reijâne Alves de Assis, Carolina Kassab, Fernanda Salles Seguro, Fernando Ferreira Costa, Paulo Augusto Achucarro Silveira, John Wood, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082013000400022

Relatar um caso de sobrecarga de ferro secundária à xerocitose, uma doença rara, em uma adolescente, diagnosticada por meio de ressonância magnética em T2*. Relatamos o caso de uma paciente sintomática com xerocitose, nível de ferritina de 350ng/mL e sobrecarga de ferro cardíaca significativa. Ela foi diagnosticada por ressonância magnética em T2* e recebeu terapia de quelação. Análise por ectacitometria confirmou o diagnóstico de xerocitose hereditária. Na sequência, a ressonância magnética em T2* demonstrou resolução completa da sobrecarga de ferro […]

Tratamento sem uso de tela em herniorrafia inguinal por via aberta: estudo prospectivo

Paulo Kassab, Ettore Ferrari Franciulli, Carolina Kassab Wroclawski, Elias Jirjoss Ilias, Osvaldo Antônio Prado Castro, Carlos Alberto Malheiros

DOI: 10.1590/S1679-45082013000200009

Objetivo:Avaliar dois tipos de correção de hérnias inguinais sem o uso de tela e avaliar a taxa de recidiva.MÉTODOS:Foram operados sequencialmente 98 homens e 15 mulheres portadores de 144 hérnias inguinais unilaterais ou bilaterais entre dezembro de 1988 e abril de 2007. As cirurgias foram realizadas por dois cirurgiões experientes e divididas em dois grupos: reconstruções pela técnica de Bassini ou McVay. Os reforços tipo Bassini foram utilizados para hérnias do tipo Nyhus II e IIIB, em que havia menor […]

Linfoma de Hodgkin e gestação: série de casos e proposta de protocolo para tratamento

Carolina Kassab, Guilherme Fleury Perini, Patrícia Weinschenker Bollmann, Fabio Rodrigues Kerbauy, Nelson Hamerschlak

DOI: 10.1590/S1679-45082011RC1992

RESUMO O pico de incidência do linfoma de Hodgkin coincide com a idade fértil feminina, sendo atualmente a quarta neoplasia mais diagnosticada na gravidez. Entretanto, não existe consenso na literatura sobre como tratar essas pacientes, devido aos riscos da quimioterapia tanto para a gestante quando para o feto. Relatamos três casos de gestantes acometidas por linfoma de Hodgkin e realizamos a revisão de literatura com o objetivo sugerir um protocolo de tratamento para essas pacientes.