Todos as publicações de “Adriano Tachibana”

6 results

Lesão isolada da artéria cólica média após trauma abdominal fechado

Eduardo Kaiser Ururahy Nunes Fonseca ORCID logo , Fernando Ide Yamauchi ORCID logo , Milton Steinman ORCID logo , Thais Caldara Mussi ORCID logo , Adriano Tachibana ORCID logo , Ronaldo Hueb Baroni ORCID logo

DOI: 10.31744/einstein_journal/2018AI4384

Paciente do sexo masculino, 34 anos, vítima de acidente motociclístico, a cerca de 90km/hora. Trazido pelo resgate à sala de emergência com colar cervical, estável hemodinamicamente, sem comprometimento respiratório ou neurológico, referindo dor abdominal difusa de moderada intensidade durante o exame físico. Durante a avaliação secundária, foi identificada escoriação na parede abdominal, junto ao flanco direito. Em virtude do mecanismo de trauma de alta energia, foi submetido à tomografia computadorizada (TC) de corpo inteiro, que mostrou hematoma nos planos adiposos […]

Veia cava marsupial simulando linfonodomegalia na tomografia

Antonio José Souza Reis Filho ORCID logo , Marcelo Assis Rocha ORCID logo , George Ramos Lemos ORCID logo , Fernando Ide Yamauchi ORCID logo , Adriano Tachibana ORCID logo , Ronaldo Hueb Baroni ORCID logo

DOI: 10.1590/S1679-45082018AI4394

Homem de 56 anos, hipertenso e diabético, assintomático, submetido à tomografia computadorizada (TC) do abdome com contraste endovenoso para acompanhamento de esteatose hepática. A TC demonstrou nódulo sólido hipervascularizado na cabeça pancreática (características de lesão neuroendócrina – ) e formação ovalada anterior à bifurcação aortoilíaca (). Nesta situação, o corte axial da TC pode simular uma linfonodomegalia, especialmente no contexto clínico oncológico. Entretanto, a avaliação das diversas fases do exame e das reformatações coronais e sagitais auxiliam no correto diagnóstico […]

O desafio terapêutico do aneurisma gigante da artéria esplênica: um relato de caso

Paulo Kauffman, Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, Roberto Sacilotto, Adriano Tachibana, Sergio Kuzniec, Lucas Lembrança Pinheiro, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082017RC3873

RESUMO O aneurisma gigante da artéria esplênica constitui condição rara, que representa risco de vida iminente para o paciente, necessitando, consequentemente, de correção cirúrgica urgente. Mulher de 61 anos, ex-fumante, hipertensa, com hipercolesterolêmica e multípara nos procurou por apresentar grande tumor no mesogástrio, achado de ultrassonografia abdominal. Apesar das dimensões do tumor, era assintomática. Angiotomografia e ressonância magnética de abdômen sugeriam tratar-se de aneurisma gigante de artéria esplênica com mais de 10cm de diâmetro, confirmado por angiografia. Foi submetida a […]

The importance of apnea in patients undergoing angiography of thoracic vessels – a protocol for acute pulmonary thromboembolism research

Kátia Ayumi Takeda, Walther Yoshiharu Ishikawa, Camila dos Santos Silva, Fábio Augusto, Elaine Ferreira da Silva, Adriano Tachibana, [...]

DOI: 10.1590/S1679-45082017AI3884

This was 37-year-old woman, 10 days after surgery, who underwent breast prosthesis replacement, abdominoplasty and liposuction. Upon admission, she was hemodynamically stable, febrile and reported constant pain on left hemithorax region, but without dyspnea. An angio-CT of thoracic vessels was carried out. During intravenous injection of contrast agent, the patient was anxious and started crying during the exam. We believe that, a Valsalva maneuver was performed on inspiration apnea requested during the exam therefore causing an intrathoracic pressure that resulted […]

Doença cística adventicial da artéria poplítea: causa infrequente de claudicação intermitente

Paulo Kauffman, Sergio Kuzniec, Roberto Sacilotto, Marcelo Passos Teivelis, Nelson Wolosker, Adriano Tachibana

DOI: 10.1590/s1679-45082014rc2818

A claudicação intermitente está frequentemente associada à doença aterosclerótica, mas diagnósticos diferenciais devem ser pesquisados em pacientes sem fatores de risco tradicionais. A doença cística adventicial, de etiologia incerta, acomete em maior proporção a artéria poplítea e, eventualmente, apresenta-se como claudicação intermitente. Apresentamos um caso da doença e seu manejo cirúrgico, e discutimos a etiopatogenia, os aspectos diagnósticos e terapêuticos da enfermidade.

Achados da ressonância magnética na torção anexial

Ronald Meira Castro Trindade, Ronaldo Hueb Baroni, Michelle Rosemberg, Marianne Siquara de Quadros, Marcelo de Castro Jorge Racy, Adriano Tachibana, [...]

DOI: 10.1590/s1679-45082010rc878

RESUMOA torção anexial é um evento incomum, porém constitui importante causa de dor abdominal em mulheres. Está frequentemente associada a tumor ou cisto ovariano, mas pode ocorrer em ovários normais, principalmente em crianças. A torção de estruturas anexiais pode envolver o ovário ou a tuba, mas geralmente acomete ambos. Na maioria dos casos, é unilateral, com discreta predileção pelo lado direito. Como achados de imagem, observam-se massas ovarianas e aumento do volume ovariano, com redução ou ausência de sua vascularização. […]